Escolhendo a escola de idiomas

“como choramingar sobre aprender línguas estrangeiras”

Comecei a procurar onde aprender francês em Paris e descobri que existem PILHAS de escolas para estrangeiros na cidade. Zilhões de sites e programas pra comparar. Como não sou sustentada pelo Eike Batista, o critério PREÇO começou a tornar a escolha mais fácil de cara. Fácil? Engano.

Descobri que por preços bastante semelhantes muitos dos programas se propõem basicamente ao mesmo objetivo, que é ensinar você, estrangeiro, a falar francês no país onde ele é falado, o que sem dúvida alguma é a forma mais bacana de aprender uma língua.

Então usei alguns critérios que me ajudaram na escolha:

Duração: No meu caso um mês. Além de eliminar os longos, elimina alguns programas mais tradicionais, como o da Sorbonne, que se debruça sobre as 28 formas de conjugação do mesmo verbo antes de partir para o próximo, preciso de mais agilidade.  Claro que eu adoraria ter a Sorbonne no currículo, mas na vida a gente precisa de praticidade.

O curso aceita adolescentes? Tô fora. A escola que escolhi tem idade mínima de 18 anos. Na verdade, o perigo maior é nos meses de férias, e como escolhi setembro/outubro, essa galera estará em pleno ano letivo, poupando os cursos de línguas de sua animada presença.

Escolas com poucos brasileiros: Pergunta fundamental antes de escolher.  Ficar longe de casa em um país estranho aguça a necessidade de elementos familiares, e ter brasileiros por perto é garantia de falar muito português com gente que não vai  ajudar em nada com a nova língua.

Tamanho da classe: Sobraram 3 finalistas, entre elas a Aliança Francesa. Forte candidata, fica na Cidade Universitária, é uma escola reconhecida mundialmente, mas que em Paris tem em média 25 alunos por classe. Em um mês não daria nem tempo pra um professsor me notar na sala, quanto mais corrigir pronúncia. As outras finalistas tem no máximo 10 e 9 alunos por classe.

No final o que acabou pesando de verdade foi o programa.  Já que sou professora de inglês, achei coerente usar as dicas que sempre dei na hora de escolher métodos de ensino, e neste caso é aprender a me virar, errando.  Acabei escolhendo a L’atelier 9. Turmas pequenas, só adultos, focada basicamente em conversação, quase sem brasileiros, tá parecendo um ótimo custo/benefício. E li excelentes críticas em fóruns pela internet. Google tá aí, vale muito a pena pesquisar bastante que tipo de avaliações a escola recebe antes de escolher uma, pois  todas sempre falarão muito bem de si mesmas.

Todo mundo que aprende uma língua nova sempre esbarra no medo de falar errado, mas é infinitamente melhor sair matraqueando  e ser corrigido por estranhos na rua do que se concentrar em apenas falar quando tiver certeza de estar certo, e não falar nunca. Isto vale para qualquer língua.

Crianças também aprendem falando errado, entram na escola falando sem parar e tem um vocabulário complexo quando começam a aprender gramática. Parece óbvio, mas a maioria dos programas de línguas tradicionais inverte esta ordem. Portanto, é bom os parisienses prepararem os ouvidos, que com certeza irão sofrer até eu aprender direito.

Leia também:

A ESCOLA – Uma das coisas na vida que escolhi bem

Anúncios
Categorias: Aprendendo Francês, Informações práticas | Tags: , , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Escolhendo a escola de idiomas

  1. Juliana

    Oi! Achei seu blog procurando onde estudar francês em Paris. Eu vou ficar um ano por lá e vou estudar francês, o meu deve ser nível A2, hehe.
    Pelo visto você gostou bastante da escola, né? Eu estou comparando com a France Langue e decidindo ainda…
    Qual foi a outra finalista?

    • Oi Juliana! Juro que tentei muito mas não lembro de jeito nenhum! Eu fiz uma planilha e fui listando pros e contras de várias, e foi nos emails que troquei com eles que achei que a Atelier era a minha cara. Como você vai ficar um ano é tranquilo, porque se não gostar é só trocar! Curta muito, eu ia amar ficar um ano por lá! Beijinhos!

Comente aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: