O que fazer em Buenos Aires – Rua Florida

Buenos Aires já foi destino de sacoleiros. Já foi. A inflação de 30% ao ano não tá ajudando e anda tudo caro, mesmo preço do Brasil ou mais. Mas mesmo que você não encha malas de compras, ainda dá pra fuçar as lojinhas. Um dos principais pontos de compras na cidade é a:

CALLE FLORIDA

(não é Flórida, é florida de cheia de flores mesmo. Só faltam as flores.)

Considere-se um argentino legítimo se conseguir atravessar o calçadão de ponta a ponta sem ninguém te abordar com os gritos de PASSEOS, CAMBIO, CUEROS, SHOWS DE TÁNGO e variações do gênero.  Certamente a rua onde  mais se ouve português na cidade toda. Além da brasileirada turista andando de lá pra cá tem aqueles que mudaram pra lá  e hoje ganham a vida em pesos.  O problema desses é que CHEIRAM os turistas de longe e vão direto em você anunciando as mesmas coisas em português. Nenhum deles me irritava muito, só a mulher da cobra*, socorro. É uma pentelha duma loira de farmácia que fica lá com camisa da seleção vendendo passeios, sensualizando na voz no BOA TARRRRRDE (R de carioca, não de piracicabano).

Tenho muito medo do câmbio que anunciam lá, certeza que é algum golpe numa sala escura e esfumaçada com capangas armados.

*mulher da cobra – existe desde que eu nasci e fica no calçadão da Rua XV em Curitiba vendendo jogo do bicho aos berros.

Paradas imperdíveis da Calle Florida:

Falabella – Quando alguém te indicar algum lugar, leve por escrito num papelzinho. Passamos a semana esnobando a loja porque tínhamos certeza que uma amiga falou que não valia a pena ir, entramos no último dia e a loja é o máximo. Quando fui perguntar porque raios ela falou pra não ir ouvi um “ha? tá doida? eu falei que era pra ir e a loja é fantástica!” (insira minha cara de bunda aqui).

Lá tem de tudo mas o bacana é a seção de decoração. São duas lojas na Florida, entre nas duas que o mix de produtos é diferente. Trouxemos uma cafeteira francesa por 50 pesos, a mesmíssima custa mais de 100 reais no Starbucks.

Galerias Pacífico – A única galeria bacana de verdade da rua, as outras são todas padrão centro de São Paulo. Tudo é caro, mas ela é lindíssima, especialmente a noite.  Vá no piso inferior visitar a Morph, outra loja de decoração muito legal. Lá funciona o Centro Cultural Borges, que tem exposições famosas de tempos em tempos como Frida Kahlo e Pablo Picasso. Tem shows de tango também.

florida garden confiteria

imagem retirada de http://www.tangocity.com

Florida Garden Confiteria – Dê uma paradinha pra tomar um chá nesta máquina do tempo. É um dos cafés notables da cidade,  lugares que recebem esse título por terem a arquitetura preservada, serem relevantes culturalmente, normalmente foram frequentados por personalidades. Neste o Jorge Luis Borges era figurinha habitual, e certeza que os garçons ainda são os mesmos que o atendiam. Foi sentada lá vendo todos os velhos elegantes, praticamente lordes ingleses tomando chá as 3 da tarde, e as velhinhas lindas nos seus casacões de pele que eu decidi que serei uma velha aposentada na Argentina, tomarei chá todos os dias com um poodle na outra cadeira, mas meu casacão será sintético.

NÃO PERCA DE VISTA – O lindo prédio do Centro Naval, esquina com a Córdoba, na frente das Galerias Pacífico. Apesar dessa foto porca que foi a melhor que achei.

Anúncios
Categorias: Buenos Aires, Informações práticas | 10 Comentários

Navegação de Posts

10 opiniões sobre “O que fazer em Buenos Aires – Rua Florida

  1. Amanda

    Nossa, odeio Buenos Aires. Os argentinos estão completamente decadentes, fora os bolivianos que estão por lá furtando todos os turistas. Não sei como alguém que conheceu a Europa primeiro, pode gostar desse lugar horrível. Arquitetura sem manutenção, metrô péssimo (sujo, velho e restrito), povo feio e decadente, comida ruim, pouquíssimos pontos turísticos, em menos de 3 horas vc conhece tudo, um tédio. Sugiro que a pessoa espere até poder ir para a Europa, ao invés de gastar tempo nesse lugar. Conheço vários lugares, como Nova Iorque, Miami, Paris, Lyon, Nice, Madri, Barcelona, Toledo, Milão, Veneza, Florença, Roma, Nápoles, Istambul, Capadócia, Egito, ameeeei todos…. e me arrependo muito de ter ido para Buenos Aires, eu simplesmente odiei e não volto nunca mais….

    • Anônimo

      Que surto colega! Vistei a Europa, USA, e outros locais pelo mundo, cada qual com sua beleza! Afinal vc nasceu na Europa ou no Brasil mesmo? Te achei muito indelicada com os Argentinos e olha sou Brasileira querida. Visite a periferia de Dubai e ira ver o contraste entre a riqueza e a pobreza. Tente ser mais educada.

    • Anônimo

      Caraca, esta moça que odeia Buenos Aires, está tão carente que precisou pegar o passaporte e escrever cada lugar que foi para chamar a atenção. Fiquei rosa chiclete !!! Se quer que percebam o seu melhor; permita que o que saia de sua boca seja belo…porque aí saberão que o que cultivas por dentro é tão belo quanto…Não ofenda; nem pessoas nem lugares…se agir assim; aquilo que “odiarem” em você falarão…mais sem agressividade…Seja mais legal com o mundo! Talvéz isso te ajude…

    • Miriam

      Você precisa de terapia ou é mesmo uma pessoa ruim, que faz pouco caso da cultura de outros Países menos favorecido, aliás se tem nacionalidade Brasileira nunca morou no Brasil, pois é exatamente tudo que você descreveu com sua figura inclusa. Você tem o direito de dizer que não gostou de nada porque não é seu estilo, mas não denegrir a imagem do País, muito menos das pessoas que lá estão.

      • Miriam, gente que odeia tudo tem em todo lugar! Eu nunca consegui ir pra um lugar e falar que odeio, acho que cada canto tem uma história única e bonita, e depende de mim também encontrá-la, e não ver apenas o cocô de cachorro no chão. Enfim, nem vale a pena.

  2. Silvia

    Olá Lizzie,

    Fizemos um vídeo da nossa viagem à Buenos Aires, tipo programa de viagem, e postamos no Youtube, ficou muito legal, vai lá dar uma olhadinha! Chama-se Buenos AIres em: Viagem com q de cineasta!

    Bjos
    Silvia
    =)

  3. Oi Lizzie, por isso que vc estava meio sumida hein?!! hehe
    tudo bem!

    Vc acredita que eu tava planejando ir pra Buenos Aires em agosto, mas depois não deu certo, eu percebi que na verdade eu tava procurando Paris em Buenos Aires (Plaza de Maio=Place de la Condorde; Galeria Pacifico=Gallerie Lafayete; media luna=croissant; alfajor=macaron; O Pensador de Rodin=O Pensador de Rodin) e por ai vai hauhauhau

    Mas quem sabe ainda não me dá 5 minutos de loucura e decido ir!!! Tipo to naquelas de Should I stay or should I go !!

    bjos!

    • Oi Vania, pois é, e antes ainda eu estava em Campos do Jordão, fazendo nada porque não há nada o que fazer lá, mas a frequencia aqui sofreu. Buenos Aires foi bastante inspirada em Paris, ô cidade que encanta todo mundo, hein? Vai sim, só não deixa pra ir no verão porque aquilo é calor demais, socorro. Mas olha, não gostei das media lunas não. Os croissants, em compensação…tudibão.Cheios de manteiga, não perdem pros de Paris. Croissant seco é só no Brasil mesmo.

      Beijo!

  4. Jacqueline

    Passei um mês lá, eu e meu marido, em apê alugado a uma quadra da Galeria Pacífico. Filmei e fotografei a Florida e a Galeria até cansar. Você percebeu aquela porta linda que tem no prédio em frente à Galeria pela Florida? Era difícil fazer uma foto ali, pois sempre havia uma pá de turistas disputando a porta. E na outro lado da calçada, à noite, um rapaz tocava divinamente bem um instrumento de sopro.. Filmei só um pouquinho e me arrependo de não tê-lo feito por mais tempo. Disso senti falta em Paris. A não ser nas escadarias da Sacre-Coeur, não ouvi ninguém tocando ou cantando. Bom, topei lá em Montmartre com um grupo de capoeira pedindo euros. Mas Buenos Aires me encanta por parecer respirar tango. É turístico, mas vá lá, encanta. Assisti a um show no Espaço Borges da Galeria que foi magnífico e barato, visto que o Senhor Tango tem um preço que deixa a gente de tanga. Já fui, mas não pretendo fazer besteira de novo. Em todo caso, estou pretendendo dar um pulo até Buenos Aires em julho. Adoro aquela cidade, mesmo tendo sido depenada na porta do edifício do apê e ficado sem lenço e sem documento por quase todo o mês em que permaneci lá. Mas permaneci.

    • Jacqueline! Tô lendo vários comentarios seus que simplesmente tinham ido parar numa terra de ninguém e eu nunca tinha visto! Não acreditei! Poxa, queria muito ter respondido na época! De qualquer forma, bom saber que você curtiu tudo lá em Buenos Aires. Esse ano vou pra Paris de novo, vamos aumentar as histórias aqui. Beijo!

Comente aí

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: