Posts Marcados Com: cabelo

Esse ninho de rato chamado cabelo

se nada der certo, finja que é proposital e faça a diva

A França é um lugar cheio de paradoxos. Tem os melhores perfumes do mundo e um povo com fama de fedido. Fala a língua mais afrescalhada mas tem os relatos pavorosos de guerras sangrentas movidas por um povo meio sádico.  Eu estava na terra dos melhores cosméticos e nunca na história desse planeta meu cabelo se comportou tão mal.

TUDO CULPA DA ÁGUA 

Sim, trabalhamos com distribuição de culpa. O que se passa é que a água lá dazoropa é bem diferente da nossa aguinha da torneira do Brasil. É uma água “dura”, cheia de calcário e outros minerais, dá pra beber sem medo mas se acumula nos fios e transforma sua cabeça em um belo ninho de rato. Além de deixar sua pele seca e repuxando, um luxo.

Portanto, quando você vê um francês de cabelo feio, mais feio ainda é sair julgando a falta de banho do cidadão. Pode ser só o depósito de calcário que ele carrega pelos caminhos da vida.

Com meu espírito detetivona, encontrei várias opções pra que você, viajante descolado e glamouroso, não passe pelos mesmos perrengues:

1 – Resolva o problema da habitação dos pássaros – Pelo menos enquanto você estiver zanzando por lá eles terão um ninho pra chamar de seu.

2 – O bombril na cabeça você já tem, pode se alugar como antena e fazer uns trocos pra pagar suas comprinhas.

3 –  Arranje um emprego de espantalho nos vinhedos da França.

“amiga, que lindo ficou esse tom de loiro em você!” “magina, o seu que é lindo”

Mas não priemos cânico, existe solução! Se chama QUELAMENTO, que nada mais é do que uma desintoxicação dos minerais depositados no cabelo. Antes que você jogue seu computador pro alto e chore sentado no cantinho, calma que é fácil. A Alexia do ArtdeViv já escreveu um post ótimo sobre o assunto. Além das dicas sobre como tirar todos os minerais acumulados do seu ser (só não tira as mágoas), tem outras boas sobre os produtos que vão funcionar quando você voltar pro Brasil.

É muito importante ficar atento a isso, senão você acaba gastando em produtos que só vão ter efeito naquelas condições de clima e de água.

Obviamente só descobri esse post na volta, gastei uma pequena fortuna em shampoos e cremes e voltei pra casa com cabelo ruim e pele seca. Mas cheia de cosmético que funcionaram aqui, ha! Apesar de não encontrar meus cremes da La Roche Posay pelas farmácias (alguns são muito leves pro clima europeu, só existem na versão exportação), minha pele é mais seca e os cremes que eu trouxe fizeram maravilhas aqui nesse Brasil de creminhos leves. Shampoos idem. Mas já acabou tudo e não pretendo vender o corpo pra comprá-los com barras de ouro por aqui. Tô aceitando sugestões.

Gostou? Então me segue no Twitter! 😀

Anúncios
Categorias: Informações práticas | Tags: | 11 Comentários

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: