Posts Marcados Com: tours

Aproveitando a escala em Paris

Paris foi nossa porta de entrada na Europa, e dali sairíamos pra Praga. Com uma escala de 5 horas não há a opção de pegar o metrô até o centro, é muito corrido, mas ao mesmo tempo é de matar ficar no aeroporto por tanto tempo, então fomos fuçar outras opções e descobrimos que a cidadezinha do aeroporto, Royssi-en-France, é doida pra que você vá conhecê-la! Fica a apenas 2 km, você manda um e-mail, acerta os detalhes e ao chegar ao aeroporto ganha passagens de ônibus pra ir até lá. Quando chega na cidade vai direto no centro de turismo e recebe um mapinha e um áudio guide com os pontos turísticos principais.

Não tem assim taaaaaaanta coisa pra ver, mas é uma ótima opção pra aproveitar seu tempo e de quebra conhecer uma cidade que provavelmente nunca estaria no seu roteiro. Eles fazem isso pra incentivar que você gaste nas lojinhas,  coma em algum restaurante, mas obviamente o plano falhou conosco, pois não gastamos um mísero centavo lá (nem sequer um café). Mas isso foi culpa do tempo curto, pois 5 horas parece bastante, mas na real entre chegar no aeroporto, guardar mala, pegar passagem, pegar ônibus, conseguimos ficar só uma hora lá pra dar tempo de não perder o vôo para Praga.

IMG_0493

“Oi, eu sou o Alexandre, muito prazer.

IMG_0491

Tudo muito fofinho, cheio de florzinhas

IMG_0489

Óin que bunitinho

800px-Roissy-en-France_-_Chevet_de_l_eglise

Igreja da cidade, ao lado tem um parque bacana.

 

 

 

 

 

 

 

 

Pra fazer uma visita patrocinada à Royssi é tranquilo:

1 – Mande um e-mail pra office-tourisme@ville-roissy95.fr, com cópias dos tickets de chegada e saída de Paris (tem que ter mais de 5 horas de intervalo), no máximo 5 dias antes da chegada.

2 – Se eles decidirem que você pode ir, te mandam as instruções pra pegar seu pacote de turista. O nosso pegamos no Bagages du Monde, no Terminal 2. Ai entra a parte mala (literalmente): como não despachamos bagagem, acabamos deixando as malas guardadas lá mesmo enquanto íamos pro passeio. Podíamos ter despachado e nos livrado dessa dor de cabeça, mas temos um histórico meio ruim com malas perdidas e não queríamos dar sorte pro azar. Morreram 13 euros nessa brincadeira, com certeza mais caro que as passagens de busão.

Nesse site tem mais informações, aí você decide se vale a pena. Eu sempre acho que vale, e que qualquer opção é melhor do que mofar no aeroporto. E se você tiver mais horas na sua escala, pode procurar por formas de dar uma esticadinha em Paris.

Próximo destino: Praga

Categorias: Informações práticas | Tags: , , , , | 3 Comentários

A cidade dos mortos

“Pare! Você está prestes a entrar no Império da Morte” – essa é a inscrição que tá lá na porta, não me julguem.

Se a população viva de Paris é de aproximadamente 2 milhões e meio de pessoas, a morta deixou a viva no chinelo: entre 6 e 7 milhões de ossadas estão nas Catacumbas de Paris, bem ali debaixo dos seus pés. Visitar as  catacumbas tem um quê de sombrio e assustador, mas é muito legal. Desde que você não seja altamente impressionável e fique aterrorizado com crânios e outros bilhões de ossos expostos. Ou tenha medo de fantasma. Continuar lendo

Categorias: Passeios em Paris | Tags: , , | 10 Comentários

Lugares que não pretendo visitar nem que me paguem

Pra tudo nessa vida há limite, até mesmo para quem tem vontade de vasculhar cada canto de uma cidade. Visitar o Museu do Esgoto de Paris não rola.

 O sistema de esgoto de lá existe desde o século 13, e de acordo com os idealizadores do museu você só conhece plenamente a história de um povo se sabe onde foram parar seus detritos, neste caso começando com os de Napoleão.

Sinceramente, nem em Paris cocô tem cheiro de perfume francês, e conhecer a fundo para onde foram os 800 anos de dejetos humanos da cidade realmente não faz minha cabeça.

Aqui vai mais do Musée des égouts de Paris

Categorias: Passeios em Paris | Tags: , | 1 Comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: